Proteção Radiológica || Proteção Radiológica || Teste em Aparelho de Mamografia Digital

Teste em Aparelho de Mamografia Digital

Teste em Aparelho de Mamografia Digital

Mamografia Digital: o que é?

A mamografia digital é um tipo específico de exame de mama utilizado para auxiliar na detecção precoce e diagnóstico de doenças mamárias em mulheres.

Este rápido e moderno exame radiológico realiza o raio X da Mama de modo não invasivo, produzindo imagens digitalizadas que o médico utiliza como ferramenta para diagnosticar anormalidades, como a presença de tumores, por exemplo; acompanhar aspectos ou comprovar que a região está saudável.

Exame de Mamografia é Vital!

Quanto antes a Mamografia Digital pode detectar algum tipo de câncer, mais cedo ele pode ser tratado ou combatido, aumentando as chances de recuperação e índice de cura.

Na verdade, a mamografia digital pode apontar alterações nos seios cerca de dois anos antes da manifestação de sintomas.

Por isso, o exame mamográfico é fortemente recomendado para mulheres a partir de 40 anos, sendo o ideal a realização anual do mesmo.

Entretanto, essa indicação pode ser ainda mais cedo – ou seja, em pacientes mais jovens que exigem um acompanhamento mais frequente – dependendo de seu histórico familiar da doença.

Aparelho de Mamografia Digital: importância

Reconhecer tamanha relevância é sinônimo da ampla funcionalidade do exame mamográfico, bem como sua enorme contribuição para detectar distúrbios na saúde do público feminino – alguns dos quais pode até mesmo levar a óbito se não tratados.

Contudo, só é possível que este exame radiológico determine seu total potencial de imagem, fazendo com que o aparelho de mamografia digital realmente salve vidas caso ele esteja em pleno funcionamento!

Mamografia: equipamentos e acessórios

Por isso, entre as determinações de controle de qualidade da Mamografia: equipamentos e acessórios, constam algumas exigências da Portaria 453/98 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

É o caso destes exemplos:

  • Treinamento dos técnicos → cujo objetivo é a otimização do processo de produção de imagens e exímia proteção radiológica;
  • Levantamento radiométrico → conferência da emissão de radiação de fuga do cabeçote;
  • Avaliação das processadoras automáticas, da câmara escura, dos negatoscópios e dos EPI Radiologia (Equipamentos de Proteção Radiológica Individual);
  • E também a verificação do Fantoma, simulador de mama → aparelho que emite os cálculos, aliado à Dosimetria, que também constitui o teste e deve ser credenciado pela American College of Radiology (ACR).

Programa de Garantia de Qualidade em Radiodiagnóstico

Mas são variados os testes a serem realizados para a efetividade do Programa de Garantia de Qualidade em Radiodiagnóstico. Dependendo do procedimento de prova executado, sua periodicidade é variável.

O Teste de Qualidade de Imagem, por exemplo, deve ocorrer mensalmente, e o de Colimação, a cada seis meses. O Teste de Dose de entrada na pele, no entanto, deve ser feito a cada dois anos.

Manutenção Preventiva de Raio X

Os testes a serem realizados anualmente para manutenção de equipamentos de radiologia são diversos:

  • Exatidão e reprodutibilidade da tensão do tubo;
  • Reprodutibilidade e linearidade da taxa de kerma no ar;
  • Rendimento do tubo de raios-x;
  • Exatidão e reprodutibilidade do tempo de exposição;
  • Reprodutibilidade do controle automático de exposição;
  • Camada semi redutora;
  • Ponto focal;
  • Desempenho do controle automático de exposição;
  • Desempenho do controle de densidade;
  • Força de compressão;
  • E luminância do negatoscópio.

Em  relação ao Teste de Mamografia que pode ser considerado uma manutenção preventiva de raio x, as conferências devem ser realizadas também após o reparo do Aparelho de Mamografia Digital.

Com fins de inspeção, devem ser colocados à disposição das autoridades sanitárias uma imagem e um relatório de avaliação de todos os testes em cada mês.

Teste de Mamografia Digital BH

Para um Teste de Constância competente, a PROTEG realiza com excelência o Teste de Mamografia Digital BH, além de todos os outros preconizados pela Vigilância Sanitária de Minas Gerais para o controle da qualidade dos equipamentos radiológicos usados no exame de mamografia analógica e digital.

O Programa Nacional de Qualidade em Mamografia (PNQM), Portaria MS/GM No. 531 de 26 de março de 2012, publicado pelo Ministério da saúde, determina uma série de condições que devem ser cumpridas para assegurar a qualidade dos exames, laudos em mamografia e verificação dos riscos relacionados ao uso dos raios-x.

Nossos serviços