Proteção Radiológica || A importância da proteção radiológica
Blog

A importância da proteção radiológica

A importância da proteção radiológica

A humanidade teve acesso a grandes avanços em diversas áreas devido à utilização de radiações ionizantes. Segmentos como a pesquisa científica, saúde, indústria, e/ou geração de energia apresentaram grandes avanços graças a essa prática.

No entanto, há um ponto que merece grande atenção e que caso não seja devidamente considerado, pode apresentar grandes riscos resultantes da indevida exposição à radiação: estamos falando dos parâmetros de proteção radiológica.

A importância da proteção radiológica

Ao ser exposto à radiação, o corpo humano pode apresentar uma série de efeitos colaterais provenientes dessa interação. Esses efeitos são variáveis e dependem de fatores como a dose de radiação e o tempo pelo qual o indivíduo tenha sido exposto.

De uma forma de outra, o ponto de partida para essa questão é o fato que a interação da matéria com a radiação pode afetar as células, chegando até mesmo a causar danos em sua estrutura, como mutações genéticas, e, dependendo do caso, ocasionar a morte celular.

Essas consequências podem apresentar quadros mais dramáticos, como diferentes níveis de desequilíbrio no organismo vindo até mesmo a causar doenças como catarata e câncer.

A importância da proteção radiológica

Tendo esses pontos em vista, há uma série de medidas, previstas pela Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), que regulamentam aspectos relativos à proteção radiológica – não só do indivíduo, mas também do ambiente de trabalho ao seu redor.

A proteção radiológica é, essencialmente, um conjunto de normas que tem como objetivo garantir a segurança dos profissionais envolvidos nos trabalhos da área. Entre os itens considerados pelas medidas de proteção radiológica atualmente estabelecidas são listadas questões referentes à preparação do ambiente de trabalho, tipo de vestimenta plumbifera que deve ser utilizada pelos profissionais durante as atividades da área, maneira correta de uso dos equipamentos utilizados, sinalização de aviso e devida comunicação entre profissionais e pacientes, além de uma série de outros pontos.

Ao participar de qualquer atividade que pode vir a apresentar qualquer risco relativo à radiação, verifique cuidadosamente os procedimentos indicados de proteção radiológica. É fundamental que se tenha muita cautela com relação a essas medidas para que assim se tenha a certeza de que sua segurança e das demais pessoas envolvidas seja devidamente garantida.

Possui mais alguma dúvida relativa à proteção radiológica? Entre em contato conosco!