Proteção Radiológica || Visor radiológico: sua importância para a radioproteção
Blog

Visor radiológico: sua importância para a radioproteção

Visor radiológico: sua importância para a radioproteção

Esse item também pode ser conhecido como visor plumbífero ou vidro plumbífero devido ao seu material, o chumbo. Um visor radiológico deve contar com 100% de eficácia pois são essenciais para a segurança de profissionais e pacientes dentro das salas de exames.

Saiba o que é um visor radiológico e para que ele serve com a leitura deste post.

Visor radiológico: o que é?

Um visor radiológico é um item de proteção radiológica bastante necessário em salas de raio X. Podem ser fornecidos em diversas dimensões e em medidas especiais, geralmente sob encomenda.

O uso do visor radiológico em portas, cabines de comando de máquinas, biombos, etc., vai depender muito do cálculo de blindagem feito por uma equipe de físicos radiológicos devidamente capacitados para essa finalidade.

A partir dos resultados desse cálculo de blindagem é possível garantir a segurança e eficiência dos equipamentos radiológicos, assim como os que serão necessários para cada tipo de procedimento que é ou será feito em uma sala.

O feixe de energia emitido pelos aparelhos  é um dos fatores que influencia nesse cálculo e ajuda a determinar o tipo de visor radiológico que necessita ser aplicado. O material geralmente é o chumbo.

Para facilitar a instalação, os visores radiológicos contam com caixilhos de aço, alumínio ou outro material. Assim podem ter várias aplicações como em divisórias de gesso, portas, paredes de alvenaria, etc.

Pra que serve um visor radiológico?

A função de um visor radiológico como equipamento de proteção radiológica é, primordialmente, permitir que o operador da máquina de raio X  tenha uma boa visibilidade tanto do aparelho quanto do paciente durante o exame, sem ser atingido pela radiação emitida.

Manter uma boa visibilidade da sala de raio X durante os procedimentos é essencial para o trabalho do operador, já que além de monitorar o aparelho e o paciente, ele também deve observar para que ninguém entre ou saia da sala durante o exame.

Como o operador trabalha com essa exposição à radiação com uma frequência muito grande, sua proteção deve ser garantida e reforçada, já que a longo prazo ele pode ter a saúde prejudicada sem esses cuidados e o uso dos equipamentos adequados.

Empresa de proteção radiológica

Se você tiver qualquer dúvida sobre o uso e escolha do visor radiológico, entre em contato com a Proteg. Somo especialistas em proteção radiológica e podemos  assessorar a escolha, implementação, teste e manutenção de qualquer EPI.

Tenha a garantia e a segurança de que a proteção radiológica em sua clínica, laboratório, hospital, consultório, etc., está sendo realizada da maneira correta e dentro das normas de segurança estabelecidas pelas autoridades competentes com a nossa assessoria.

A Proteg trabalha para que o Programa de Garantia de Qualidade Radiologia (PGQ) possa ser implementado com sucesso e para que ele possa ser mantido.

Isso inclui a  calibragem de aparelhos, cálculo de blindagem, conferência de materiais, testes em avental plumbífero, dosimetria e exposição a radiação, radiometria ou levantamento radiométrico dos equipamentos de Raio X, etc.

Leia também sobre a importância da proteção radiológica.

Entre e contato com a Proteg e saiba mais sobre todos os nossos serviços.